CURSO

Construção  de uma estrutura geodésica para casa ou chalé.
Dias 28, 29 de Janeiro em Curitiba – PR e 25 e 26 de Fevereiro em Juquitiba – SP

Construção da Estrututa
fb_img_2697

  • Introdução a geometria

  • História do domo geodésico

  • Diferentes tipos de domos e suas frequências V4 , V3 e V2 serão abordadas

  • Cálculos com softwares disponíveis

  • Segurança no trabalho

  • Equipamento necessário

  • Corte dos ângulos e organização produtiva dos componentes.

  • Montagem dos triângulos

  • Estruturação e montagem do domo

Brasília.
O curso  em Brasília também teve algumas características bem especiais.

Fizemos um domo de 10 metros d4b2b8ea5-ab12-492f-9d11-ffda72b8b285e diâmetro sobre parede de adobe orgânico, são tijolos feitos com barro e capim muito usados em construções centenárias. Será a sede de uma Ecovila e isso está nos deixando ainda mais empolgados em começar.

Deixaremos 80% dos cortes e triângulos prontos, ficando apenas o suficiente para os alunos aprenderem a técnica. Então partimos para a montagem do domo.
Com as paredes de tijolo adobe  com 2 metros de altura iniciamos a montagem sobre as paredes.
O resultado final foi mais uma geodésica muito bem estruturada e pronta para receber a cobertura de telhas Shingle.

 

 

 

Na Ilha Grande – RJ
O Curso na Ilha Grande  além do aprendizado  e convivência foi muito prazeroso por algumas novidades interessantes que o local proporcionou.

ilhagrande5

Aprender a construir estruturas geodésicas é sempre algo muito agradável e nossos chamados sempre atraem pessoas sensacionais com espírito de colaboração e amizade. Na ilha Grande os alunos vão saber ainda um pouco sobre flutuadores marinhos com nossos parceiros da Ecopipe Marine e nos momentos vagos vão poder fazer apneia e mergulho logo ao lado do “canteiro de obras” e se deslumbrar com a incrível fauna e flora marinha do local.

ilhagrande6

d2a51ede-e6d1-439f-ba86-a0c53541c93d

b8edf377-6e34-49bd-801d-175581c46290

Na Ilha Grande as condições meteorológicas foram um desafio a parte, com chuvas e marés aprendemos também a fazer um pouco de “malabarismo” com triângulos, oque deixou o curso ainda mais interessante.

A equipe rapidamente se entrosou e a produtividade foi ótima, pessoas muito legais e dispostas sempre se ajudando de forma muito harmônica.

O resultado foi uma estrutura muito bem construída e muito resistente.

Desenvolver estruturas geodésicas através dos cursos na Domos Cantareira tem ajudado muitas pessoas a realizar o desejo de construir casas e chalés Brasil a fora. Essas estruturas, além do apelo de sustentabilidade, redução ao máximo de resíduos durante a construção, são sensorialmente mais agradáveis de habitar e tem excelente acústica, sem falar das propriedades estudadas quanto a geometria sagrada.

São mais econômicas que construções convencionais em alvenaria e ainda mais econômicas se tornam quando a pessoa, grupos de amigos ou parceiros, aprendem a tecnologia e se juntam na execução da obra.
Aprender a fazer um domo geodésico  é um aprendizado que vai ficar para toda sua vida.

Geodesica Cantareira

fb_img_2686 fb_img_2692 fb_img_2779 fb_img_2760

curso_2016

curso_julho17

curso_junho2

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *